RIZZO NET

Investimentos em segurança reduzem índices de criminalidade em São Sebastião

Comparativo com 2016 aponta queda, segundo a Secretaria de Segurança do Estado de SP

São Sebastião apresentou uma redução em todos os principais índices de criminalidade nos primeiros sete meses de 2017, se comparados ao mesmo período em 2016. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo.

De acordo com a publicação, a queda se deu nos números de homicídios, latrocínios (roubo seguido de morte), estupros, roubos, furtos e furtos de veículos. Somando todas essas modalidades, foram 950 ocorrências em 2017, contra 1.095 em 2016.

Dos crimes de maior gravidade, 11 homicídios, oito estupros e nenhum latrocínio foram registrados este ano, enquanto no ano passado foram 16, 11 e dois, respectivamente. Roubo (195 contra 235), furto (707 contra 782) e furto de veículos (29 contra 49) também apresentaram queda em 2017.

De acordo com a Secretaria de Segurança Urbana (SEGUR), os números apresentados são reflexos de uma gestão comprometida com a segurança do município. “O prefeito Felipe Augusto regulamentou a Atividade Delegada aos policiais militares e reestruturou por completo a Guarda Civil Municipal (GCM). As câmeras de monitoramento do Centro de Operações Integradas (COI) estão todas funcionando, temos o convênio com o Detecta, maior banco de dados policiais da América Latina, nossos agentes motivados”, explicou o secretário da pasta, José Roberto Lara.

Segundo as estatísticas registradas pelo COI, a GCM atendeu a 3.302 ocorrências até julho de 2017. No período que compreende os sete primeiros meses do ano, a Guarda Civil realizou 14 prisões, sendo 10 em flagrante, com oito somente por tráfico de drogas. Já apreensões de menores de idade, somam-se 16. Quatro veículos, 273 pinos de cocaína, 273 pedras de crack, e 124 porções de maconha também foram apreendidos pela corporação.

“A GCM recebeu este ano novos coletes balísticos, já que os antigos estavam vencidos, novas viaturas, investiu em cursos de capacitação e obteve o decreto que regulamenta o benefício do Risco Atividade assinado pelo prefeito, algo que vinha sendo pleiteado há anos pelos guardas. Tudo isso motivou a tropa”, explicou o comandante, Edgar Celestino.

 

Fonte: DEPCOM|PMSS

Deixe um comentário